x

Pesquisar por doença rara

* (*) campo(s) de preenchimento obrigatório

Outras opções de pesquisa

Comentário

(*) Campos obrigatórios

Atenção

Apenas os comentários para a melhoria da qualidade e precisão da informação no website da Orphanet serão aceites. Para todos os restantes, por favor envie os seus comentários via 'Contacte-nos'. Apenas os comentários escritos em inglês ou português poderão ser processados.

A Orphanet não fornece respostas personalizadas. Para entrar em contato com a equipa da Orphanet, por favor envie um email para .

A informação disponibilizada após o seu contacto (incluindo o seu endereço de e-mail) serão armazenadas em arquivos .CSV que serão enviados via e-mail para as equipas da Orphanet. Esses e-mails podem ser guardados nas caixas de correio das equipas, nos nossos servidores de backoffice, mas não serão registados nas nossas bases de dados (para obter mais informações, consulte a secção do Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD) privacidade de dados e Confidencialidade).

Captcha image

Síndrome quebras de Nijmegen

Definição da doença

A síndrome de quebras de Nijmegen (NBS) é uma doença genética rara com apresentação à nascença de microcefalia, características faciais dismórficas que se tornam mais visíveis com a idade, atraso do crescimento, e mais tarde aparecimento de complicações, tais como tumores e infeções.

ORPHA:647

Nível de Classificação: Patologia
  • Sinónimo(s):
    • Ataxia-telangiectasia variante 1
    • NBS
    • Síndrome de Seemanova tipo 2
    • Síndrome de imunodeficiência-microcefalia-instabilidade cromossómica
    • Síndrome de microcefalia-imunodeficiência-malignidade linfóide
  • Prevalência: Desconhecido
  • Hereditariedade: Autossómica recessiva 
  • Idade de início: Infância, Neonatal
  • CID-10: Q87.8
  • OMIM: 251260
  • UMLS: C0398791  C2930831
  • MeSH: C531759  D049932
  • GARD: 3904
  • MedDRA: 10067857

Informação detalhada

Artigo para os profissionais

Os documentos contidos neste website são apresentação para efeitos apenas de informação. O material não substitui os cuidados médicos profissinais por um especialista profissional qualificado e não deve ser usado como base para diagnóstico ou tratamento.